Não conheço missão maior e mais nobre que a de dirigir as inteligências jovens e preparar os homens do futuro disse Dom Pedro II

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

PROTESTO NO RIO - Estudantes acampam em frente à casa de Governador Sérgio Cabral e pedem sua PRISÃO


TERRA

Na noite de quinta-feira, os manifestantes realizaram um buzinaço, fechando uma das ruas do Leblon
Foto: Douglas Shineidr/Jornal do Brasil

Estudantes das redes públicas estadual e federal realizam há uma semana manifestação na frente da casa do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, no Leblon. Os manifestantes dormem no local.

Na noite de quinta-feira, eles realizaram um buzinaço, fechando uma das ruas do bairro nobre da zona sul. Segundo o estudante Felipe Fabrício de Souza Silva, aluno de uma escola estadual, o protesto foi organizado pelo Facebook. Eles pedem a prisão do político.

"Queremos que ele seja preso por diversos crimes, como seu envolvimento no escândalo da Delta, a forma violenta com retirou os pacientes do hospital Iaserj e ainda por beneficiar a sua mulher em casos jurídicos, já que ela tem um escritório", afirmou.

Declarando-se "apartidários", os manifestantes prometem realizar um novo ato contra o governador nesta sexta-feira, quando completam oito dias de protestos.

Um comentário:

Amanda Ribeiro disse...

Como pode uma manifestação ser organizada em frente à casa do governador se na verdade ela não tem nenhum embasamento. Apenas acusações descabidas. Estudantes precisam aprender a manifestar por seus direitos e não fazer um buzinaço, uma bagunça, sem argumentos e sem conhecimento. Muitos ali nem sabem o porquê estão ali.