Não conheço missão maior e mais nobre que a de dirigir as inteligências jovens e preparar os homens do futuro disse Dom Pedro II

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

#DENGUE NO RIO - Onze bairros do Rio com alto risco de infestação

De 44 a 84 imóveis a cada grupo de mil nas Zonas Norte e Oeste estão com focos do Aedes aegypti. Campo Grande terá mutirão

POR CLARISSA MELLO

Rio - Pelo menos onze bairros do Rio estão com índice de infestação do mosquito da dengue muito acima do considerado seguro pela Organização Mundial de Saúde (OMS) , que é o de 1%, dez imóveis para cada grupo de mil. Na Taquara, o índice de infestação é de 4,4%, 44 a cada mil, enquanto na Comunidade Nova Aguiar, em Campo Grande, 84 propriedades a cada mil — ou seja, 8,4%, estão com focos do mosquito.

Outros bairros com alto risco são Complexo do Alemão, Cosmos, Vila da Penha, Bangu, Inhoaíba, Madureira, Engenho Novo, Brás de Pina e Portuguesa. Amanhã, a Secretaria Municipal de Saúde promoverá mutirão de combate ao mosquito em Campo Grande.


Na Zona Sul, apesar de não terem atingido o percentual considerado de alto risco para a dengue (4%), estão quase lá Gávea, Leblon e Vidigal, com 34 imóveis com focos do Aedes aegypti para cada mil. Os dados são do último Levantamento de Infestação Rápida do Aedes Aegypti, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde na primeira semana de Janeiro.

“Temos uma expectativa grande de epidemia de dengue para este ano. Então é fundamental que a população faça sua parte para evitar os focos. Essa é a principal medida e a forma mais fácil de combater a dengue”, afirma o superintendente de Vigilância em Saúde, Marcio Garcia.

Quando o foco não é combatido, a solução é remediar. Na próxima semana, a Prefeitura vai passar carros fumacê em 15 bairros com alto índice de mosquitos. “São locais onde há mais ocorrência de casos de dengue”, explicou.

Fonte O Dia http://odia.ig.com.br/portal/rio/todos_contra_a_dengue/html/2012/1/dengue_11_bairros_do_rio_com_alto_risco_de_infestacao_220940.html

Um comentário:

Ministério da Saúde disse...

Evitar a proliferação da dengue depende de cada um de nós. Além de cuidar da sua casa, falar com seus vizinhos, manter contato com sua prefeitura sobre focos da doença, você pode utilizar esse espaço para conscientização.
Seja parceiro do Ministério da Saúde na mobilização contra o mosquito da Dengue. Divulgue em seu blog nosso material. Entre em contato com comunicacao@saude.gov.br e solicite o selo, participe da campanha.
Saiba mais: http://bit.ly/bMMVKT ou http://bit.ly/2Bkb8G
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude
Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude